Britney Spears está se sentindo Overprotected (superprotegida) na sua conservadoria, que já dura mais de uma década, e que foi recentemente estendida até o dia 1 de Fevereiro de 2021.

“Britney ainda quer que a conservadoria acabe em algum momento, mas o mais urgente agora é que ela não quer que seu pai volte ao cargo de único tutor.”, disse uma fonte próxima a Britney com exclusividade a PEOPLE.

Semana passada, uma submissão ao tribunal revelou que Britney, de 38 anos, se disse “radicalmente contra” ter o seu pai, Jamie – que saiu do cargo de único tutor ano passado devido a problemas de saúde – continue no cargo.

“Jamie é bem tradicional. Ele trata Britney como criança.”, disse a fonte.

Iniciamente, Britney entrou na conservadoria em 2008, após vários colapsos públicos. Desde então, o tribunal tem dado continuidade a decisão, por considerar que ela não é capaz de fazer decisões sobre suas finanças e sua saúde, que Jamie supervisiona.

No lugar de Jamie, Britney – que disse que “não quer se apresentar no momento”“prefere veementemente” que Jodi Montgomery, a tutora licenciada que tomou o lugar do seu pai em Setembro, “continue nesse cargo, assim como fez durante quase um ano,” de acordo com a petição.

“Britney quer que uma pessoa respeitosa e atenciosa esteja no comando da sua conservadoria, alguém ‘de fora’, que não seja seu familiar. Alguém que vai tratá-la como um adulto e ouvi-la. Ela nunca terá esse tipo de relação com Jamie.” disse a fonte.

Ano passado, a relação de Britney e Jamie se complicou ainda mais depois que o ex-marido da cantora, Kevin Federline, acusou Jamie de abusar fisicamente de um dos filhos do ex-casal, Sean Preston. (Depois de uma investigação, Jamie acabou não sendo acusado).

“Britney está muito decepcionada com o drama que ele causou com seus filhos.” disse a fonte sobre Britney.

Ainda assim, Jamie insiste que ele tem apenas o melhor dos interesses em mente para Britney. “Eu amo minha filha. Amo todos os meus filhos. Mas isso é um negócio nosso. É privado.” ele disse a colina Page Six, no início do mês.

Enquanto ela continua a trabalhar em sua saúde mental em meio a batalha judicial contra seu pai, a fonte disse que Britney está se apoiando em seus entes queridos, incluindo sua mãe Lynne (65 anos) e Sam Asghari (26 anos), seu namorado há quase quatro anos.

“Ela sonha que a conservadoria acabe, mas isso não parece realístico. Ela precisa estar cercada de pessoas que cuidem dela.” finalizou a fonte.