news_makeme

“Make Me…” ganha Disco de Platina pela RIAA, nos Estados Unidos

  • 19 de abril de 2018

Logo após o Britney Jean ter finalmente recebido seu certificado de ouro, “Make Me…”, o primeiro single do “Glory” se tornou platina nos Estados Unidos, o que significa que a faixa vendeu o equivalente a 1 milhão de cópias no país, contabilizando vendas digitais e streaming. Uma curiosidade é que a música está cadastrada como ato “solo” na Associação de Indústria de Gravadoras dos EUA (RIAA), o que significa que não contabiliza ouro para o rapper G-Eazy. Porém, ele provavelmente não deve se  preocupar, já que só em 2018 acumulou quatro Discos de Platina com faixas como “These Things Happen”.

Confira a certificação de “Make Me…” no site da RIAA:

Make Me... Platina

Em janeiro de 2017, “Make Me…” havia recebido o certificado de ouro por suas 500.000 cópias vendidas e em março do mesmo ano, a placa com o Disco de Ouro prensado foi entregue aos produtores, compositores e à Britney. O DJ Burns, produtor, comemorou a ocasião, ostentando o ouro em seu stories, no instagram. A placa, que acompanha um LP prensado em ouro, se torna ainda mais preciosa uma vez que a música não foi lançada em formato físico, ou seja, o vinil abaixo é uma raridade:

C6-KJ3-WwAQguRQ.jpg

A RIAA é sediada em Whashington (EUA) e representa todas as gravadora dos Estados Unidos com vendas físicas ou virtuais. A fórmula de contabilização via streaming usada pela RIAA desde 2013 para single e 2016 para álbum, ainda não foi divulgada de forma clara pela associação, mas isso significa que “Make Me…” conquistou o mesmo feito que singles ainda mais fortes de Britney, como “Work Bitch”.

Comentários do Facebook
Licença Creative Commons
Este texto autoral está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em www.britneyonline.com.br.