fight

Juíza ordena investigação emergencial na conservadoria de Britney

  • 16 de maio de 2019

As pessoas responsáveis ​​por controlar a vida de Britney Spears estão agora na mira dos investigadores da corte norte-americana, diz o The Blast, já que uma juíza em seu caso de curadoria ordenou uma investigação completa e emergencial de todos os participantes que planejam sua vida pessoal, assuntos financeiros e tratamento médico. Isso inclui todos os contratos assinados por ela ou seus conservadores nos últimos onze anos: Circus tour, Femme Fatale Tour e a Piece of Me (residência e turnê) estão na mira da justiça.

Resultado de imagem para britney live in concert
Conferência de anúncio da “Britney: Live in Concert” em 2017

De acordo com documentos obtidos pelo The Blast, a juíza da tutela de Britney ordenou que um investigador judicial investigue com severidade o caso da cantora e quer que o relatório de um investigador judicial seja apresentado antes da próxima audiência de Britney em setembro, como protocolo de emergência.

A ação foi feita em silêncio dias depois de Britney ter sido submetida a uma avaliação especializada para determinar se as restrições em sua tutela deveriam ser afrouxadas ou modificadas, num procedimento chamado de “avaliação 703”, o qual noticiamos aqui.

O que acontecerá após a avaliação 703?

O trabalho de um investigador de tribunal é conduzir entrevistas extensas com todas as pessoas envolvidas em um caso de conservadoria, incluindo guardiões, conservadores, médicos e até mesmo policiais que tiveram contato com o assunto da tutela.

O investigador também examinará registros médicos e financeiros, incluindo acordos de custódia e até mesmo obrigações contratuais, como a residência em Las Vegas.

Resultado de imagem para britney manila
Britney em Manila, 2017

Há muito se discute se a equipe de Britney, incluindo seu pai, Jamie Spears, estava empurrando Britney além de seus limites, enquanto a contratava para outra rodada de apresentações na cidade do pecado com a Domination. Por conta disso, Larry Rudolph, empresário da cantora, afirmou que Britney era quem queria continuar trabalhando, mas foram levantadas questões sobre o manejo de sua equipe no frágil estado mental de Britney enquanto negociava negócios lucrativos, como a turnê Piece of Me e a Britney: Live in Concert, que aconteceram respectivamente na Europa e Ásia em 2018 e 2017.

Depois que o investigador da corte tiver preparado o relatório, a juíza levará em consideração as conclusões ao decidir qual é a melhor decisão para Britney.

Femme Fatale Tour, 2011

A mãe de Britney, Lynne, ficou com a cantora desde que ela fez um movimento para se juntar à tutela e ter um papel maior no cuidado de sua filha, mas o pai de Britney e outros membros de seu time não foram vistos com a estrela. Ainda mais revelador sobre a situação atual foi Britney chegando ao tribunal na semana passada segurando a mão de sua mãe em busca de apoio.

As fontes do The Blast dentro da equipe de Britney acreditam que a juíza da tutela vai ver que eles fizeram tudo ao seu alcance para ajudar Britney. Dizem ainda que os principais intervenientes na tutela reportam regularmente todas as atualizações financeiras e médicas ao tribunal e acreditam que um memorial de 11 anos de gestão da tutela de Spears falará por si.

A investigação também será interessante para o movimento #FreeBritney, que será validado ou provado errado quando os resultados forem devolvidos ao tribunal.

Comentários do Facebook
Licença Creative Commons
Este texto autoral está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em www.britneyonline.com.br.