hobbackstage1

House of Blues: Vazam versões oficiais de músicas do show “The M+M”, de 2007

  • 13 de maio de 2019

Muito antes de se apresentar no VMA com “Gimme More” em setembro de 2007, Britney saiu em uma inesperada série de curtas apresentações nos bares “House of Blues”, dentro dos EUA, em maio daquele ano. Conhecida como a “The M+M Tour”, por este ser o pseudônimo usado pela cantora para marcar os shows, as apresentações traziam uma Britney ainda careca, alternando perucas pretas e loiras e contava com cinco faixas apenas.


“Baby”, “Breathe On Me”, “Slave”, “Do Somethin” e “Toxic” foram performadas em todos os cinco shows da turnê, mas apenas “Baby” e “Slave” receberam novos remixes. Celulares e câmeras foram proibidos nas apresentações, portando tudo o que tivemos até hoje foram vídeos em baixa resolução de áudio ou imagem.

1 de maio de 2007, fãs esperam em fila na House of Blues de San Diego
Foto: Alamy

Finalmente, 12 anos depois, matamos nossa curiosidade sobre os remixes de “Baby” e “Slave”, que acabaram de vazar. Eles foram remixados pelo falecido produtor Christopher Notes Olsen, que gravava com Britney para o Original Doll. Dentre as faixas, uma vazou recentemente: o cover não finalizado da música “I’ve been Loving you too Long”.

Nos arquivos de Olsnen, há também um remix de “Oops!”, que nunca foi apresentado, mas que seria usado como interlúdio na M+M – ele tem uma vibe bem casa noturna, já que a House of Blues funcionava como uma.

Ouça os três abaixo:


Compare a versão de “Slave”:

O fã que vazou e hospedou as faixas foi o Infinity1, e só temos a agradecer a ele por isso. Ele também disponibilizou as músicas para download: “Baby“, “Slave” e “Oops“. Vale lembrar que não hospedamos estes arquivos, apenas os indexamos.

Relembre o show completo:

Comentários do Facebook
Licença Creative Commons
Este texto autoral está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em www.britneyonline.com.br.