onyx hotel david lachapelle 2003 2004

David LaChapelle compara caso de Britney a Michael Jackson e Amy Winehouse

  • 2 de maio de 2019

A novela do clipe de “Make Me” (vazado em abril) continua com novas informações divulgadas pelo diretor David LaChapelle. De acordo com ele em seu instagram, a situação de controle de Britney por sua equipe é tão grave que se assemelha ao caos que tomou conta da vida de artistas como Michael Jackson e Amy Winehouse, os levando à loucura em meio a adoração do público.

O assunto veio à tona quando um fã questionou o diretor no instagram, perguntando sobre a capa da revista da Rolling Stone de 1999: “Se não se importa em falar mais, estou bastante interessada em saber o que levou você a se pronunciar sobre o #freebritney. É tão tocante ver alguém com influência na indústria trazer à tona o assunto”, diz a fã sasugame.

Britney fotografada por David LaChapelle em 1999

David então responde, relembrando sobre como foi seu ensaio fotográfico com Britney em 1999: “foi uma cena feia. Eu me senti como se eu tivesse tomado um banho de água fria depois de ouvir Rudolph [empresário de britney] – em reuniões de portas fechadas falando sobre o caso -, o que me fez entender que foi uma situação grosseira e oportunista, além de insensível com Britney”, comenta o fotógrafo e diretor.

LaChapelle adiciona: “Não tenho nada a perder ou ganhar falando sobre isso, mas vejo-a como alguém que está sendo usado. Ela demonstrou tudo o que podia ao mundo: desde parecer perturbada e infeliz, com raiva e com vontade de lutar, até se tornar assustada e sozinha. Eu sinto que todas esses altos e baixos se dão porque ela foi dirigida ao topo por pessoas gananciosas”.

Britney no anúncio da “Domination” em 2018 e fãs na manifestação em 2019
Imagem: Getty/Out.com

“Estas são minhas opiniões. E deixo meu amor para ela, assim como para a querida Amy (Winehouse) e Michael Jackson, pessoas que são adoradas – mas que sofreram muito por conta de pessoas gananciosas e mentirosas”, finaliza David.

+Leia a tradução completa da Rolling Stone de 1999 em nosso especial

Outro fã então respondeu ao diretor, ainda no instagram e, apesar de as respostas terem parado, LaChapelle curtiu os comentários do fã que traduzimos abaixo:

“Engraçado como o Larry Rudolph é sempre o herói da história: ele entrou no quarto salvou Britney de uma cena sexual enquanto era fotografada em poses sensuais. Ainda bem que temos o Larry, hein? (diz revirando os olhos e ironicamente). Foi ele quem decidiu deixar uma menor de idade (Britney tinha 17 anos) sozinha em um ensaio fotográfico, sem supervisão e com um fotógrafo que ela não conhecia. Aquela família e o Larry a venderam para Hollywood por grana e pela sua própria glória. Como eles conseguem dormir?”, disse o fã snowhow.

Acompanhe a conversa original com os prints abaixo, em inglês:

David responde à fã
David curte o comentário de outro fã em resposta a ele / Parte 1 de 2


David curte o comentário de outro fã em resposta a ele / Parte 2 de 2

O caso deve ter novas atualizações em breve, já que os canais de televisão dos EUA continuam a tocar no assunto e chegaram a pedir para participarem da próxima audiência sobre a tutela de Britney, que acontece em 10 de maio. A equipe da cantora, através do juri, vetou qualquer envolvimento midiático.

Comentários do Facebook
Licença Creative Commons
Este texto autoral está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em www.britneyonline.com.br.