gus2

B-army: Medalhista olímpico defende representatividade LGBTQ de Britney

  • 17 de abril de 2018

Gus Kenworthy, medalhista olímpico no estilo esqui livre e fã declarado de Britney, travou uma briga no seu instagram em defesa da cantora nesta semana. O fato aconteceu após Spears ter dito que é fã de Gus no Twitter e após ambos se encontrarem no GLAAD Awards. O atleta conseguiu não apenas encontrar com a cantora, como também fazer uma foto ao lado dela e de seu colega, o medalhista dos EUA Adam Rippon.

Ao postar a foto com Britney e Rippon em sua rede social, Gus (de terno escuro na foto) foi alvo de críticas, mas rebateu uma em especial, mostrando que é b-army com louvor:

Instagram de Gus Kenworthy

A crítica diz: “Sério? Que tal aplaudir homens e mulheres gays que são professores, médicos, enfermeiras ou policiais que dão a vida para ajudar os outros? Suas prioridades parecem estar limitadas pela fama.”, comentou o flashfo1. A resposta de Gus veio logo em seguida, em forma de textão:

“Melhore! Essa postagem não tem nenhuma conexão com o que você acabou de escrever. Claro que eu aprecio e aplaudo todos os tipos de pessoas, sendo LGBTQ ou não, que passam a vida ajudando aos outros. É incrível que eles façam isso, mas Britney também ajuda um incontável número de pessoas ao redor do mundo, assim como me ajudou, e tem usado seu enorme espaço na mídia, que ganhou sendo uma das melhores estrelas do pop da história, promovendo amor e aceitação para a comunidade LGBTQ. Se você não é fã da Britney, tudo o que eu posso te dizer é caia fora”, conclui Gus.

Gus e Britney já têm uma história, uma vez que Britney desejou boa sorte ao medalhista no twitter antes de sua competição em fevereiro deste ano: ““Gimme, gimme more on the slopes today!”, algo como “Me dê, me dê mais nas pistas hoje”, disse Britney, fazendo referência ao fato de Gus já ter comentado na mídia que gosta de competir ouvindo a música “Gimme More”. Em resposta à Britney, ele diz que quase faleceu: ““Meu.Deus! Eu não estava preparado para acordar com isso. Não tenho certeza como vou conseguir esquiar hoje já que eu estou LITERALMENTE morto agora, mas vou correr uma milha extra por você, Britney”, disse, citando um trecho do primeiro single do “Blackout”.

Gus e Adam Rippon são os primeiros atletas abertamente gays em suas categorias, fazendo com as mensagens de Britney a eles fossem noticiadas pela revista Time, nos EUA. Além disso, antes de conhecer Britney pessoalmente, Gus concedeu uma entrevista à MTV US, onde comentou sobre a sensação ao ter recebido uma mensagem da cantora. Veja a reportagem traduzida com exclusividade:

Comentários do Facebook
Licença Creative Commons
Este texto autoral está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em www.britneyonline.com.br.